Segredos da Anitha

setembro 02, 2010

A mim

Não quero mais
Férias de mim
Quero ficar aqui
E me consumir

Quero meu próprio amor
E todo o resto
Quero gozar de mim
E gozar pra mim

Quero ser minha
Assim
Enfim
posted by Anitha at 4:50:00 PM

9 Comments:

Adorei o poema, creio que a mim cabe tomar as mesmas atitudes...


Beijos!

2 de setembro de 2010 16:59  

Um belo texto, adorei andar por aqui, uma delicia sua página, um poema leve realmente gostoso de ler, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssssssssss

3 de setembro de 2010 11:11  

Quase sempre precisamos ser de nos mesmos, isso nos faz bem, nos deixa leve e gozando a liberdade

beeijo

3 de setembro de 2010 16:16  

ººº
Nostalgia? Será?

Bjoooo

3 de setembro de 2010 19:46  

Descobrir-ser... inteirar-se de sua grandeza e ensinar a si própria seu entendimento. "Do começo de suas costas até o seu calcanhar". Corpo, mente, entrega, plena, plena. Muito belo, respirável... Beijinhos.

4 de setembro de 2010 13:22  

muito chique essa sua casa, heim? estive aqui um bom tempo, viajando nas suas palavras intensas... tentando viver um pouco do seu pensamento. muitas vezes me vi, talvez por engano, vai saber... mas cair aqui, por mero acaso internético, me fez um bem danado.
valeu :) e até mais ler.
bjins

6 de setembro de 2010 20:30  

bonito texto.
Maurizio

17 de setembro de 2010 13:43  

Simples e lindo *-*

20 de setembro de 2010 21:23  

Sinto o odor do talento por aqui.

25 de setembro de 2010 14:22  

Postar um comentário

<< Home