Segredos da Anitha

julho 27, 2010

No Espelho

Por que essa dor não passa?
Carrego um fardo
E deixo um rastro
De sangue por onde passo

Preciso enlouquecer
E esquecer
Que sou meu próprio sofrimento
E alimento a minha dor

Não dá pra fugir de mim
E o reflexo no espelho
Pesa no peito cansado

De ser quem eu sou
posted by Anitha at 4:25:00 PM

12 Comments:

Às vezes ser nós mesmo cansa, tanta dor, e o espelho ali a dizer que não tem como fugir. Somos assim, reflexo do que poderíamos ser.

besos,
@paraquenomes

27 de julho de 2010 19:51  

porque tanta dor?
pra que tanta dor?
Maurizio

28 de julho de 2010 06:06  

Compreendo !!!

28 de julho de 2010 15:03  

Sim as vezes nos cansamos de tanta dor, mais as vezes o que nos falta é a força de fazer tudo mudar
beeijo

28 de julho de 2010 17:22  

Cansado de ser quem eu sou! Eu queria se alguém, melhor que eu...

28 de julho de 2010 20:55  

Às vezes me pergunto de que serve tudo isso, tanto sofrimento.
Se ao menos aprendêssemos! Mas não. Somos reincidentes.

Seu texto poderia falar de mim. Ou de tantos outros.
Adorei.
Beijos.

30 de julho de 2010 00:33  

bom dia minha linda
tenha um feliz final de semana.
Maurizio

30 de julho de 2010 05:23  

O que mais importa: como você se vê ou como você sente o que vê?

O nosso reflexo é uma resposta de uma pergunta que nem queríamos saber.

Bonito aqui! Voltarei...

Beijo doce!

30 de julho de 2010 13:27  

Lindos e sofridos versos,,,penso que nós mesmos alimentamos nossa dor,,,te encontrei num blog de uma amiga em comum e vim visitar,,,parabens pelo seu espaço,,,,beijos de otima semana....

www.olivrodosdiasdois.blogspot.com

3 de agosto de 2010 09:42  

Há um ciclo tortuoso que eu percebo nos seus poemas, um desejo de consumir-se a si mesma, um pleonasmo como viver a vida, sonhar o sonho.


Obrigado pelos poemas e pelos comentários no meu blog. Bjos...

26 de agosto de 2010 17:09  

Sofrível e tão intimista... quase que os traços foram feitos em sangue vivo, latente, vivo, vivo! Mesmo dor, é vida.
Bela, este foi incrível.

6 de setembro de 2010 08:47  

Caramba!!! esse ta lindo de morrer!!! adorei!

17 de novembro de 2010 00:38  

Postar um comentário

<< Home