Segredos da Anitha

agosto 09, 2010

Carnal

É no meu cubo azul
Através do espelho
Que você me vê
Entregue
Sua boca é sua marca
No meu corpo nu
Meus cabelos
São suas rédeas
A me conduzir
Suas mãos me prendem
E me puxam
De encontro a ti
É nesse embate
Que passamos o tempo
A nos consumir
posted by Anitha at 2:18:00 PM

10 Comments:

Fiquei com água na boca.
Parabéns!

9 de agosto de 2010 16:03  

E quanto mais nos consumimos mais tem pra consumir.

10 de agosto de 2010 15:12  

Canal

É no meu cu(bo) azul
Através do espelho
Que me vê você
Esfregue
Sua boca é sua marca
No meu corpo nu
Meus cabelos
São suas rédeas
A me conduzir
Suas mãos me prendem
E me puxam
De encontro a
É nesse embate
Que passamos o tempo
A nos consumir

10 de agosto de 2010 19:44  

Hummm! Tri bom! Nem gosto muito de ler essas coisas... Fico tri afim!

Um abraço pra ti!

12 de agosto de 2010 04:44  

belos textos, é mto bom passear por aqui, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssss

12 de agosto de 2010 15:24  

Adoreei
É bem bem realista (risos)
beijo

12 de agosto de 2010 19:02  

Perfeito!

12 de agosto de 2010 23:17  

Cena encantadora...

17 de agosto de 2010 17:12  

É no cerco mágico que as verdades são reveladas e o desejo consome-se!

Bjs moça e obrigado.

19 de agosto de 2010 11:26  

Querida Anitha... o meu tempo tem sido cerceado pelo obstar dos dias, o que me torna omissa quanto a seus belos textos. Estes vislumbres, estes vestígios de outrem em nossa pele são inebriantes.Sensualidade inata nestas linhas, sucumbindo ao desejo de ser algo maior, indelével. Belo.
Beijinhos, repliquei seus comentários.

20 de agosto de 2010 12:08  

Postar um comentário

<< Home