Segredos da Anitha

abril 03, 2009

Estática

Estou parada,
Estagnada,
De mãos atadas
Com ânimos em frangalhos
O ar tá pesado
O calor insuportável
Os ponteiros quase parados
O dia parece não ter fim

Estou cansada,
Fadigada,
Quase apática
O corpo estirado
O chão gelado
O silêncio do meu lado
Os livros jogados
Nada a me interessar

Estou sozinha,
Desamparada,
Pensando em nada
Com os sentidos em standby
O sangue corre
Os olhos piscam
O corpo responde
A inércia da vida
posted by Anitha at 4:56:00 PM

4 Comments:

sua visita deu a oportunidade de visitar
vim deixar o meu agradecimento e minha atenção sincera
não vou dizer que chegou a me excitar
mas devo admitir que se você se dedicar, vai escrever bem que só a mizera.

muito bom e muita vontade
poesia é o vômito de alma
o canto da calma
ou a sintonia da vivacidade

hehehehe

seja sempre bem-vinda
grande bjo
=o********

4 de abril de 2009 07:52  

intenções são só intenções
o que importa é a decisão de fazer.

grande bjo, menina
a gente pode trocar muita ideia

=o*************

5 de abril de 2009 05:42  

Você escreve com a alma, gosto disso.

O que havia sonhado? Quando quiser contar, esteja a vontade.

5 de abril de 2009 18:38  

lindo!

17 de abril de 2009 20:17  

Postar um comentário

<< Home