Segredos da Anitha

junho 23, 2009

Do Nada

Dias tranquilos
Que me dão arrepios
Tudo parado
Povo calado
Felicidade do nada
Sempre fico desconfiada

O sol irradiando
E o calor aumentando
Ouço um trovão
Bem vinda solidão
Logo a chuva cai
Minha felicidade se vai

Eu sempre estou com razão
Quando duvido da satisfação
Que vem de repente
Ilude a gente
E evapora
Vai-se embora

Do nada...
posted by Anitha at 5:03:00 PM

1 Comments:

E sempre vai embora do nada!

24 de junho de 2009 08:42  

Postar um comentário

<< Home